Aonde Deus me plantar ali devo florescer

23 de Maio de 2019 by Milton Figueiredo
Aonde Deus me plantar ali devo florescer

A história de vida de Santa Teresinha do Menino Jesus (e foi esse seu jeito de ser que a levou aos altares católicos para ser, antes de tudo, um exemplo aos demais cristãos) é para mim como um chacoalhão. E olha que conheço bem pouco.

Ao ler um artigo de um seminarista, me deparei com uma das inúmeras frases da santa que sempre me deixa com a cara na poeira: “Aonde Deus me plantar ali devo florescer”. Foi como um tapa na minha cara.

Quantas vezes temos que conviver com pessoas que a gente, se pudesse, esmagava, esmurrava, esfregaria no asfalto quente, queimava numa fogueira, deixaria de joelhos sob pedras quentes no sol, amarraria pelado em cima de um formigueiro, faria engolir cada desaforo que falara, arrancaria a língua, passaria por cima com um trator umas 200 vezes no mínimo? Muitas, não é mesmo?

Mas, a frase da santa das rosas vem justamente esfregar as nossas caras na poeira por pensarmos assim, ou então, por agirmos de forma com que essas pessoas se prejudiquem (mesmo que mereçam) por um ato nosso de vingança. Eu sei, eu também já achei o sentimento da vingança muito bom.

Eu sei que é difícil, quase que impossível fazer florescer algo de bom num ambiente repleto de energia negativa, de inveja, de ódio, de ressentimento. Precisamos ao menos semear boas sementes. Não estou nem querendo lembrar aquela frase de Jesus em que Ele diz que se alguém nos bater numa face devemos oferecer a outra. É mesmo tentar mudar algo de dentro para fora.

Eu acredito que nada seja por acaso em nossas vidas. Então, ter de engolir certos sapos devam ter alguma razão que a gente, talvez, nem vá descobrir os motivos. E nem, também, digo que devemos engolir esses sapos, acho que o que a santa quis dizer é mesmo mudar aquele lugar a partir de nós mesmos. Devemos ser um sinal diferente, algo positivo, uma luz na escuridão...

Mas como fazer isso? Não sei! Adoraria ter essa resposta. Adoraria saber fazer e te contar como. Santa Teresinha e tantos outros santos souberam, e eles estão aí justamente para serem sinais de caminhos de santidade para cada um de nós.

Certa vez, ouvi que Santa Teresinha provou do vômito de uma freira para poder aceitá-la como ela era, pois tinham problemas de convivência. Certamente eu jamais faria isso. Porém, foi o jeito que Santa Teresinha encontrou para poder florescer ali um novo sentimento, um novo convívio.

Que nós nos deixemos ser guiados pelo Espírito Santo para também encontrarmos os nossos meios de florescer nos locais aonde Deus nos plantar, mesmo que os nossos espinhos machuquem mais a nós mesmos.

 

Imagem: Mundo Ecologia

Tags
Os Independentes Rodeio A Grande Conquista A Paixão de Cristo ACIB Acqua Titãs Arraial da Alegria Arte Artigos Astrologia AVCC Barretos Motorcycles BBB Carnaval CBH-BPG Centerplex Cinemas Cidade de Maria Cidades Cinema Clientes CNN Comitê Baixo Pardo/Grande Comitê do Baixo Pardo/Grande Comportamento Concurso de Beleza Cultura Dengue Disney Diversidade Economia Educação Educação Ambiental Empreendedorismo Emprego Esporte Estética Fake News Festa do Peão de Barretos Game Garota Motorcycles Gastronomia Globoplay Harry Potter Hospital de Amor Inclusão Insane Sound Insane Sound Barretos Inteligência Artificial Intolerância à lactose Kids Laer Lazer LGBTQIA+ Literatura Lula Meio Ambiente Minuto Barretos Miss Miss Rodeio Brasil Mister Mister Earth Brazil Mister Earth International Mister Eco Brazil Mister Eco São Paulo Mister Rodeio Brasil Mister Terra Brasil Moda Muar do Sertão Mundo Pet Música Musica Música sertaneja Natal North Shopping Barretos NorthShopping Barretos novela Novela Novelas novelas OAB OAB Barretos Oktoberfest Barretos Olímpia OnlyFans Onlyfans Oportunidades Os Independentes Paixão de Cristo Palestra Parque do P~eao Parque do Peão Parque do Peao Páscoa Patati Patatá Pet PET Plantar Água Plus Size Podcast Política Prefeitura de Barretos Prefeitura de Bebedouro Prefeitura de Colômbia Prime Video Privacy Projeto Super Conscientes Publieditorial PUblieditorial Queima do Alho Rainha do Rodeio Rainha Os Independentes Rancho do Peãozinho Reality Show Reality show Relacionamento Reliartes Religião Resenha na Rádio Ribeirão Preto Rodeio SAAE Barretos Samba Barretos Saúde Sáude Saude SENAC Senac Série Séries Sex Shop Sexo Solidariedade Super Conscientes Sustentabilidade Tecnologia Thalia Troféu Mulher Turismo Turismo Religioso Turma do Peãozinho TV TV Câmara TV Globo UNIFEB Veganismo Xuxa