Associação Comercial e Industrial de Barretos completa 87 anos

21 de Janeiro de 2023 by Milton Figueiredo
Cidades
Associação Comercial e Industrial de Barretos completa 87 anos

A Associação Comercial e Industrial de Barretos- ACIB completa 87 anos neste sábado, 21 de janeiro de 2023. Fundada em 1936, a ACIB é maior e mais organizada entidade representativa do setor em nossa região.

Representando Empresas e Indústrias de diversos segmentos, a ACIB tem forte desempenho nos mais diversos assuntos de interesse da indústria e do comércio de Barretos.

Jackelyne Rossini, presidente da entidade, diz sentir-se honrada em estar à frente da Associação Comercial e Industrial de Barretos e que o trabalho lhe proporcionou visão e aprendizado “ Estar à frente da presidência da ACIB permitiu desenvolver novos trabalhos, projetos e aprender com a Assoce com associados. Desde minha associação sempre estive próxima da ACIB tanto como associada como integrante da diretoria, algo que considero fundamental, pois nossa Associação contribui para o crescimento do comércio e também da cidade. Esse trabalho proporcionou ainda meu crescimento como pessoa e como profissional”, disse.

A presidente ainda agradeceu a participação e a interação de todos os associados e diretoria como forma de fortalecimento da entidade “ A ACIB só consegue ser uma associação forte graças à união de todas as pessoas e empresas envolvidas “, concluiu.

 

A história da ACIB

A fundação da ACIB ocorreu em uma época em que a sociedade brasileira passava por momentos cruciais de transição política e social. Em 1930 houve a ruptura do compromisso constitucional do país. Em seguida, em 1932, São Paulo, o estado líder da federação, deflagra um movimento revolucionário, ao qual pagou caro tributo pelo idealismo de buscar a retomada do caminho da constitucionalidade.

No inicio da década de 30, o país entrava numa nova era e em todas as partes, principalmente no interior, reinava muita esperança e expectativa de gradativa mudança de usos e costumes em todos os campos de atividades, principalmente no comércio e na indústria. Os homens engajados nestas atividades não eram os “empresários” como hoje são denominados. Eram os negociantes, comerciantes e industriais.

O principal motivo da fundação da Associação Comercial e Industrial de Barretos foi à necessidade da organização de comerciantes e industriais para em consenso estabelecer uma melhor coesão de ambas as classes. Também era necessária a orientação do registro de firmas nas diversas repartições, o encaminhamento de contratos e distratos, etc. Algumas firmas de maior porte, para atender suas necessidades de orientação, estavam ligadas à Associação Comercial de São Paulo. A grande maioria, porém, não contava com tal apoio em momentos de dificuldades, e estas eram muitas, principalmente no setor fiscal, do Estado e da união.

Assim, após várias reuniões preliminares, realizou-se no dia 21 de Janeiro de 1936, na “sociedade União Síria”, a reunião de fundação da Associação Comercial e Industrial de Barretos.

Uma comissão de redação dos estatutos foi organizada, sendo composta por Thomaz de Almeida, Jefferson de Menezes Camargo e Rafael de Lourenço. Também foi eleita uma diretoria provisória, constituída da seguinte forma: Presidente – João Gai; 1º Vice-presidente – Jefferson Menezes Camargo; 2º Vice-presidente – Mussa Calil; 1º Secretário – Rafael de Lourenço; 2º Secretário – Thomaz de Almeida; 1º Tesoureiro – José Galati; 2º Tesoureiro – Alcino Pedro.

Em 9 de fevereiro de 1936 os estatutos foram aprovados e em 20 de março foi eleita a primeira diretoria definitiva, tendo a seguinte composição:

Presidente – Gastão de Castro Leite; 1º vice-presidente – Jefferson Menezes Camargo; 2º vice-presidente – Pedro de Arruda Junior; 1º secretário – Rafael de Lourenço; 2º secretário – Antônio Morais Barros; 1º Tesoureiro – João Gai; 2º Tesoureiro – Mussa Calil; Consultores: João da Silva Anção, Alcino Pedro, João de Aguiar, Daher Abrão, Eugênio Scannavino, Antônio Rodrigues Vieira, Benedito Silveira, João Baroni, Thomaz de Almeida, José Tedesco, Demétrio Hayek e José Galati.

Foi procurando lugar para instalar a sede e esta escolha recaiu num anexo do Cine Teatro Santo Antonio. No ano de 1940 foi inaugurado o edifício próprio da Associação, na rua 20, prédio de três andares. O projeto e a construção foram confiados a José Fontão. Em 25 de agosto de 1949 a ACIB recebeu a declaração de Órgão Técnico e Consultivo do Poder Público e foi declarada de Utilidade Pública em 15 de junho de 1948.

Barretos tinha falta de uma biblioteca. A ACIB partiu pra a concretização deste sonho. Foi instalada no salão nobre, no terceiro andar do prédio. Foi aberta aos consulentes, independente de filiação à entidade, sendo logo filiada ao Instituto Nacional do Livro, órgão federal que fazia constantes doações de obras, mediante convênios com editoras. Gastão de Castro Leite era admirador de Affonso d’Escragnolle Taunay e propôs que fosse adotado este nome para a biblioteca. Ao ser comunicado disto, Affonso enviou uma carta de agradecimento e remeteu várias obras. Affonso era diretor do Museu do Ipiranga, não podendo estar presente na abertura solene da biblioteca por motivos de saúde. Posteriormente a biblioteca foi transferida para o município.

Presidiram a ACIB desde sua fundação até a presente data as seguintes pessoas: João Gai (provisório) – 1936; Gastão de Castro Leite – 1936/1943; 1948/1951; João Baroni – 1944/1945; Olivier Waldemar Heiland – 1956/1965; Abdala Ned Rezeck – 1966/1967; Antônio Francisco Scannavino – 1968/1969; Alcides Paula da Silva - 1970/1971; Ibraim Martins da Silva – 1972/1977; Antônio Amêndola – 1978/1979, 1980/1981; Franciso Assis Martins 1982/1983; Flávio Claro de Faria – 1984/1985; Garibalde Perini – 1986/1987; Domingos Sávio Freitas Baston – 1988/1989; José Marcelo Abrão Miziara – 1990/1991; Antônio Carlos Dal Porto – 1992/1993; Waldir Prata Aluani Lima – 1994/1995; Flávio Claro de Faria – 1996/1997; Domingos Sávio F. Baston – 1998/1999, 2000/2001; Manuel Alexandre Costa - 2002/2003, 2004/2005 - Luiz Carlos Silva - 2006/2007, 2008/2009 e André Angelo Peroni - 2010/2011, 2012/2013, 2014/2015 - Roberto Arutim 2014/2019. 2020/ atualmente - Jackelyne Rossini

Fonte: site ACIB acibarretos.com.br

Tags
Os Independentes Rodeio A Grande Conquista A Paixão de Cristo ACIB Acqua Titãs Arraial da Alegria Arte Artigos Astrologia AVCC Barretos Motorcycles BBB Carnaval CBH-BPG Centerplex Cinemas Cidade de Maria Cidades Cinema Clientes CNN Comitê Baixo Pardo/Grande Comitê do Baixo Pardo/Grande Comportamento Concurso de Beleza Cultura Dengue Disney Diversidade Economia Educação Educação Ambiental Empreendedorismo Emprego Esporte Estética Fake News Festa do Peão de Barretos Game Garota Motorcycles Gastronomia Globoplay Harry Potter Hospital de Amor Inclusão Insane Sound Insane Sound Barretos Inteligência Artificial Intolerância à lactose Kids Laer Lazer LGBTQIA+ Literatura Lula Meio Ambiente Minuto Barretos Miss Miss Rodeio Brasil Mister Mister Earth Brazil Mister Earth International Mister Eco Brazil Mister Eco São Paulo Mister Rodeio Brasil Mister Terra Brasil Moda Muar do Sertão Mundo Pet Música Musica Música sertaneja Natal North Shopping Barretos NorthShopping Barretos novela Novela Novelas novelas OAB OAB Barretos Oktoberfest Barretos Olímpia OnlyFans Onlyfans Oportunidades Os Independentes Paixão de Cristo Palestra Parque do P~eao Parque do Peão Parque do Peao Páscoa Patati Patatá Pet PET Plantar Água Plus Size Podcast Política Prefeitura de Barretos Prefeitura de Bebedouro Prefeitura de Colômbia Prime Video Privacy Projeto Super Conscientes Publieditorial PUblieditorial Queima do Alho Rainha do Rodeio Rainha Os Independentes Rancho do Peãozinho Reality Show Reality show Relacionamento Reliartes Religião Resenha na Rádio Ribeirão Preto Rodeio SAAE Barretos Samba Barretos Saúde Sáude Saude SENAC Senac Série Séries Sex Shop Sexo Solidariedade Super Conscientes Sustentabilidade Tecnologia Thalia Troféu Mulher Turismo Turismo Religioso Turma do Peãozinho TV TV Câmara TV Globo UNIFEB Veganismo Xuxa