Publieditorial: Criação de laboratório e escola de IoT para crianças fazem parte de parcerias que surgiram durante o Barretos, terra de oportunidades

23 de Maio de 2022 by Milton Figueiredo
Prefeitura de Barretos Publieditorial
Publieditorial: Criação de laboratório e escola de IoT para crianças fazem parte de parcerias que surgiram durante o Barretos, terra de oportunidades

O programa “Barretos, terra de oportunidades” promoveu a palestra "Como a internet das coisas está revolucionando os negócios, as cidades e a vida das pessoas" com o escritor Alexandre Bueno. O evento, que contou com a presença da prefeita Paula Lemos e autoridades da cidade, aconteceu no auditório da Faculdade Barretos.

Poucas pessoas sabem, mas Barretos já é conhecida como APL – Arranjo Produtivo Local – na área da saúde. Ou seja, o Estado de São Paulo já reconhece a cidade com esse viés tecnológico.

Barretos foi uma das primeiras cidades do Brasil a criar uma lei municipal com normas para a implantação e compartilhamento de infraestrutura de suporte e de telecomunicações para a tecnologia 5G, com isso a cidade passa a atrair e incentivar a vinda de empresas de alta tecnologia, robótica e startups para o município.

 

Parcerias com o Brasil e o Mundo

Para exemplificar o impacto dessa revolução, o empresário Alexandre Bueno, que é um dos maiores especialistas em Internet das Coisas (IoT) apresentou uma palestra abordando o significado do conceito IoT de forma ampla e apresentando cases, inclusive com exemplos barretenses de sucesso.

O palestrante ainda anunciou dois projetos inovadores no seguimento tecnológico para a cidade. O primeiro é um laboratório de internet das coisas, IoT Lab, em parceria com a Faculdade Barretos, que deve iniciar suas atividades em outubro deste ano, onde as empresas trazem suas demandas para serem resolvidas com a tecnologia e apoio dos alunos, unindo educação, inovação e empreendedorismo. Também foi anunciado, junto com a Casa dos Engenheiros & Arquitetos de Barretos, um projeto internacional em parceria com a Fundação Micro:bit, de Londres, com a criação da primeira escola de IoT para crianças no Brasil. O projeto recebeu o nome de Pequeno Grande Engenheiro e a proposta é desenvolver o bom uso da tecnologia para crianças e jovens, na construção de futuros engenheiros no Brasil e no mundo.

 

Imagem: Freepik