Conheça mais sobre a nutrição com alimentos úmidos e seus principais mitos

22 de Janeiro de 2023 by Milton Figueiredo
Gastronomia Mundo Pet
Conheça mais sobre a nutrição com alimentos úmidos e seus principais mitos

 

Por: Gabriela Biancão Rodrigues, veterinária que atua na Special Dog Company, uma das maiores indústrias de petfood do Brasil

 

O mercado pet vem se desenvolvendo nos últimos anos devido às mudanças comportamentais por parte dos donos de animais de estimação, que buscam constantemente dar mais qualidade de vida e longevidade aos seus pets. Analisando o mercado, podemos dizer que a escolha do alimento está intimamente relacionada à satisfação e prazer no momento da oferta ao animal.

Os alimentos comerciais para cães e gatos são divididos de acordo com o tipo de processamento, ingredientes, matéria-prima empregada e teores de umidade, sendo classificados em secos alimentos com até 12% de umidade (ração comercial), semiúmidos até 50% de umidade (snacks - bifinhos) e úmidos até 85% de umidade (sachês e patês).

Analisando o faturamento das pet food, a representatividade da linha de alimentos úmidos (Wet) no Brasil é hoje de apenas 4%, sendo 96% correspondentes a alimentos secos (Dry). Deste modo, podemos afirmar que há muita oportunidade de crescimento nesse segmento, seguindo a tendência internacional de países europeus e dos Estados Unidos.

No Brasil esse percentual ainda é muito baixo, devido ao modo com que o proprietário de pet vê o alimento úmido, sendo oferecidos mais como forma de petiscos ou agrados. Hoje, porém, existem diversas marcas no mercado que trazem um alimento completo e balanceado, podendo ser oferecido como alimentação exclusiva, já que garante todas as necessidades nutricionais diárias conforme a fase da vida do animal.

Ao orientarmos sobre a possibilidade do alimento úmido, encontramos perguntas frequentes por parte dos pais de pet. Vejamos algumas delas:

1. Por que o alimento úmido é mais palatável? Ele é mais gorduroso?

Alimentos úmidos se diferenciam pelo tipo de processamento e ingredientes. Os produtos úmidos são esterilizados em autoclaves, possibilitando maior conservação e utilização de ingredientes com elevada umidade, como as fontes de proteínas (miúdos de suínos, miúdos de aves, carne bovina, carne mecanicamente separada de peixe e carne de frango). Além disso, diferentemente dos alimentos secos extrusados (ração comercial), alimentos úmidos possuem baixo percentual de carboidratos. Consequentemente, o alimento se torna mais palatável devido a sua proximidade ao aspecto da caça, estritamente ligado ao instinto animal. 

Quanto à gordura, a quantidade apresentada no alimento úmido é ideal, se adequando à fase da vida do animal, seguindo as referências do NRC (2006) e FEDIAF (2020).

2. Alimentos úmidos possuem alto teor de sódio?

Os teores de sódio dos alimentos úmidos são semelhantes às quantidades apresentadas nos alimentos secos. Dessa forma, se trata de mito qualquer afirmação no sentido de malefícios à saúde do animal. De acordo com estudos e dados científicos, utiliza-se a quantidade de sódio recomendada à necessidade diária e fase de vida dos pets.

3. É verdade que alimentos úmidos podem pré-dispor à obesidade?

Não. O que ocorre é que os alimentos úmidos são vistos como petiscos, sendo oferecidos pelos proprietários além da ração. Consequentemente, o animal passa a ingerir mais calorias do que o necessário. A obesidade está relacionada à quantidade de calorias diárias que o animal consome, além de ser influenciada pela frequência de atividades físicas e predisposição genética.

Como veterinária, recomendo aos proprietários que, ao optarem por oferecer os alimentos úmidos, sigam sempre  as orientações do rótulo do produto. Se o produto for completo e balanceado, o ideal é substituir a ração de forma gradual até que o animal atinja sua necessidade diária.

Os alimentos úmidos são sugeridos para programas de perda de peso por possuírem maior teor de proteínas e gorduras, menos carboidratos e alta umidade, deixando o animal saciado por um maior período.

4. Ao abrir o patê ou alimentos enlatados observo o que parece ser uma “camada de gordura”. O que seria isso?

A camada amarela, formada em cima de patês ou alimentos enlatados ao abrir, não são gorduras. Trata-se de gomas: xantana, goma guar e goma carragena, ingredientes que são fontes de fibras do produto, melhorando a homogeneização do patê e auxiliando na consistência e volume fecal, favorecendo a saúde intestinal dos pets.

5. Qual a quantidade diária de alimento úmido recomendada? Posso misturar com a ração?

Para se definir a quantidade ideal, o proprietário deve observar o verso da embalagem. Em caso de dúvida e melhor padronização na dieta do animal, se recomenda a orientação de um médico-veterinário de confiança.

Lembrando que para ser realizada a troca alimentar, é indispensável fazê-la de modo gradual, respeitando no mínimo 05 dias para adaptação ao novo alimento, ou o tempo necessário ao animal, que pode levar até 14 dias.

Importante: Observa-se que o alimento úmido pode ser oferecido exclusivamente caso seu rótulo indique ser completo e balanceado.

Sobre a alimentação mista, devemos respeitar sempre a necessidade nutricional diária do animal. Neste caso, existem empresas que citam no verso da embalagem a quantidade que o alimento úmido substitui a ração, em gramas.

Existem diversos benefícios da associação do alimento seco com o úmido ao animal, sendo alguns exemplos a facilidade na mastigação, palatabilidade, maior aceitação de textura, maior teor de proteína, saúde do trato urinário e maior saciedade.

6. Existe alguma comprovação de que alimentos úmidos favoreçam a formação de tártaro?

Pelo alimento úmido ter consistência pastosa, não há ação mecânica de atrito nos dentes durante a mastigação, comparado à ração. Contudo, para resolver isso, em algumas formulações são adicionados aditivos responsáveis por auxiliar no controle e prevenção de placas e cálculos dentários.

7. Quais os benefícios do alimento úmido aos pets?

Os benefícios de se oferecer o alimento úmido estão associados à fase da vida do animal e de suas necessidades. Mas no geral, percebe-se um aumento da palatabilidade, cuidado com a saúde renal, ingestão hídrica elevada, maior saciedade e maior quantidade de proteínas. Assim, contribui para um maior desenvolvimento e manutenção muscular, facilitando a mastigação, controle de inflamações, aumento de imunidade e maior longevidade.

8. Como devo conservar o alimento úmido?

Após aberto, o alimento deve ser mantido na embalagem original, fechado e levado à refrigeração por até 24 horas.

Entretanto, antes de ser oferecido ao animal, recomenda-se que o recipiente seja deixado em temperatura ambiente, não podendo ser aquecido. Ao oferecer o alimento úmido ao pet, este deve ficar exposto por no máximo 1 hora, evitando que se percam suas características nutricionais ou sensoriais e uma possível contaminação por insetos.

Concluindo, devemos lembrar que antes destes alimentos serem comercializados, eles passam por diversos testes e análises. Alguns exemplos de teste são os de digestibilidade, palatabilidade e escore fecal. São também analisados o perfil de aminoácidos, ácidos graxos, vitaminas e minerais correspondentes às necessidades nutricionais de cada fase da vida. Portanto, buscamos sempre priorizar a longevidade e bem-estar animal, tornando o produto recomendado por médicos-veterinários. Podemos afirmar com certeza que você pode oferecer os alimentos úmidos aos seus pets com total segurança. 

Tags
Os Independentes Rodeio A Grande Conquista A Paixão de Cristo ACIB Acqua Titãs Arraial da Alegria Arte Artigos Astrologia AVCC Barretos Motorcycles BBB Carnaval CBH-BPG Centerplex Cinemas Cidade de Maria Cidades Cinema Clientes CNN Comitê Baixo Pardo/Grande Comitê do Baixo Pardo/Grande Comportamento Concurso de Beleza Cultura Dengue Disney Diversidade Economia Educação Educação Ambiental Empreendedorismo Emprego Esporte Estética Fake News Festa do Peão de Barretos Game Garota Motorcycles Gastronomia Globoplay Harry Potter Hospital de Amor Inclusão Insane Sound Insane Sound Barretos Inteligência Artificial Intolerância à lactose Kids Laer Lazer LGBTQIA+ Literatura Lula Meio Ambiente Minuto Barretos Miss Miss Rodeio Brasil Mister Mister Earth Brazil Mister Earth International Mister Eco Brazil Mister Eco São Paulo Mister Rodeio Brasil Mister Terra Brasil Moda Muar do Sertão Mundo Pet Música Musica Música sertaneja Natal North Shopping Barretos NorthShopping Barretos novela Novela Novelas novelas OAB OAB Barretos Oktoberfest Barretos Olímpia OnlyFans Onlyfans Oportunidades Os Independentes Paixão de Cristo Palestra Parque do P~eao Parque do Peão Parque do Peao Páscoa Patati Patatá Pet PET Plantar Água Plus Size Podcast Política Prefeitura de Barretos Prefeitura de Bebedouro Prefeitura de Colômbia Prime Video Privacy Projeto Super Conscientes Publieditorial PUblieditorial Queima do Alho Rainha do Rodeio Rainha Os Independentes Rancho do Peãozinho Reality Show Reality show Relacionamento Reliartes Religião Resenha na Rádio Ribeirão Preto Rodeio SAAE Barretos Samba Barretos Saúde Sáude Saude SENAC Senac Série Séries Sex Shop Sexo Solidariedade Super Conscientes Sustentabilidade Tecnologia Thalia Troféu Mulher Turismo Turismo Religioso Turma do Peãozinho TV TV Câmara TV Globo UNIFEB Veganismo Xuxa